Fale Conosco
Clique aqui!
X
Clique aqui e Peça seu Orçamento!
Clique aqui e Peça seu Orçamento!
A importância dos uniformes na área da saúde

A importância dos uniformes na área da saúde

Você já parou para pensar por que médicos e profissionais da saúde quase sempre usam roupas claras ou totalmente brancas ao invés de cores escuras? E o uso do jaleco, sabe por que é obrigatório? Por mais que pareçam ser simples, são dúvidas extremamente importantes e merecem um post inteiro para responde-las. Acompanhe!

Muito além do que apenas padronizar

A necessidade de uma vestimenta adequada para o trabalho se faz presente na maior parte das profissões. Em muitas delas, o uso do uniforme profissional tem apenas função de padronizar a equipe, de forma que os colaboradores possam ser reconhecidos dentro e fora das empresas. Porém, em casos mais específicos, o uniforme proporciona não somente um padrão visual, mas também um importante papel na proteção e higiene, como no caso dos médicos e profissionais da saúde.

Diferente do que muitos pensam, o branco usado na roupa dos médicos não serve apenas para transmitir uma imagem de paz e esperança para os pacientes. Na verdade, o propósito de usar o uniforme branco é poder identificar com mais facilidade manchas de sangue ou resíduos que poderiam passar desapercebidos em um uniforme preto, por exemplo. Esse padrão foi criado durante o final do século XIX, onde até então os profissionais usavam roupas casuais mesmo durante processos cirúrgicos. Após muitas pesquisas na época, foi constatado que a falta de assepsia era uma das grandes causas das infecções pós-operatório, o que obrigou médicos e profissionais da saúde a adotarem normas e padrões na vestimenta, dentre elas o jaleco branco para atendimento clínico, uniforme verde/azul claro para centros cirúrgicos, entre outros.

Tecidos e processos de assepsia

Os hospitais são os locais mais propícios para a propagação de microrganismos, sendo que os têxteis (cortinas, roupas de cama, uniformes) são as principais fontes de contaminação. Se o tecido não for adequado, as chances de proliferação são ainda maiores. Sendo assim, os uniformes profissionais na área da saúde devem ser fabricados apenas com tecidos antimicrobianos e estar em conformidade com as normas da OMS (Organização Mundial da Saúde), valendo também para jalecos, roupas de cama, cortinas e demais materiais têxteis.

No caso da higiene, a ANVISA é o órgão responsável por regulamentar a coleta e a esterilização dos uniformes, processo que deve ser feito rigorosamente todos os dias por empresas terceirizadas ou pelo próprio hospital. A orientação da ANVISA é que o profissional faça o uso do jaleco ou uniforme apenas nas dependências do hospital, devendo ser retirado durante o horário de almoço ou demais saídas.

Como a Uniart atua nos uniformes profissionais na área da saúde?

Além de ser referência na confecção de uniformes profissionais para empresas dos mais diversos segmentos na cidade de Curitiba, a Uniart atua também com tecidos especiais e uniformes para a área da saúde, tais como jalecos, calças brim e camisetas, sempre seguindo os padrões de qualidade exigidos pela ABNT e demais órgãos. Confeccionamos uniformes para hospitais públicos e privados, consultórios, clínicas de estética, farmácias de manipulação, etc.

Se busca por uma empresa de confiança que trabalhe com seriedade na confecção de uniformes em Curitiba e Região, entre em contato conosco e solicite agora um orçamento sem compromisso.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *